BANCOS QUE SALVAM VIDAS

TIPOS DE BANCOS DE VIDA

O Brasil tem atualmente 32 (trinta e duas) mil pessoas à espera de um transplante, é uma luta contra o tempo para renovar uma vida, no caso de coração e pulmão, os médicos têm apenas 4 horas desde que aparece um doador e enfrentam muitas barreiras, entre elas, a dor da família que perdeu uma pessoa amada e a distância que muitas vezes separa o doador de quem precisa daquele órgão.

.

Já se podem doar ossos, pele e até válvulas cardíacas, tudo para ajudar quem precisa de transplantes, no futuro esse número deverá aumentar, à medida que a medicina avança, cientistasdescobrem outras partes do corpo que podem ser transplantadas, mas as doações também precisam aumentar, há mais de 32 mil pessoas no pais em filas de espera nos bancos de órgãos.

.

O Brasil possui diferentes tipos de Bancos de Vida, alguns, como os de válvulas cardíacas, cordão umbilical e de sêmen, são exemplos do avanço tecnológico, mas a tecnologia precisa caminhar lado a lado com as doações, caso contrário, a conta corrente do banco fica no vermelho.

.

Banco de Sangue: O mais conhecido da população é o Banco de Sangue, os depósitos servem para repor o volume de material perdido nas cirurgias e em uma série de enfermidades, como insuficiência renal, hemofilia, problemas no fígado e na medula óssea, recentemente o Brasil ganhou um Banco de Sangue diferente, em vez de receber o material tradicional, ele arrecada sangue de cordões umbilicais, até recentemente desprezado, o sangue do cordão umbilical dos recém-nascidos ganhou valor depois que descobriram à formula de aproveitar as células-tronco ou células-mãe, capazes de dar origem a várias outras células sanguíneas.

"Doar Sangue é um ato de amor"
+